Menu principal
 

Informações Gerais

Denominação do Curso: Bacharelado em Medicina Veterinária
Titulação: Médico Veterinário
Modalidade: Ensino presencial
Turno: Integral
Períodos: 10 semestres (5 anos)
Carga horária total: 4.580 horas (mínima)
Número de vagas: 40 vagas anuais
Forma de ingresso: ENEM

Apresentação

O curso de Bacharelado em Medicina Veterinária teve seu início em 2010 e vem ao encontro do espírito inovador do Instituto Federal Catarinense, visando suprir a carência de mercado, na formação direcionada de profissionais para atuarem na área. O objetivo do curso é formar médicos veterinários que contribuam para essa área de conhecimento, usando de um modo seguro e ético os múltiplos instrumentos disponíveis do ensino, da pesquisa e da extensão, sem afastar-se, no entanto, da capacidade analítica e da visão crítica de realidade, em sintonia com o mundo atual, seus desafios e tecnologias.

Diferenciais do Curso

O Médico Veterinário egresso do Instituto Federal Catarinense Campus Araquari terá uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, aliando teoria e prática através da experiência direta com os animais desde o princípio, oportunizada pela escola fazenda ao lado do campus. Este profissional será capaz de suprir as necessidades da nova tendência de modernização em métodos de produção animal e inserção em cadeia produtiva. A partir do conhecimento dos fatos sociais, culturais e políticos, será capaz de raciocinar de forma lógica, observando e interpretando dados para a identificação e resolução problemas em seu campo de atuação.

Atuação Profissional

O curso de Medicina Veterinária relaciona produção de alimentos, saúde e bem estar animal. Nesse sentido contribui para a construção de um elo entre o conhecimento científico e o mundo real. Como abrangência profissional, o Médico Veterinário pode atuar em diversos setores, como:

  • Clínica e cirurgia de animais, em todas as suas modalidades;
  • Inspeção e fiscalização de produtos de origem animal;
  • Produção animal;
  • Reprodução animal;
  • Saúde pública (zoonoses);
  • Nutrição animal;
  • Responsabilidade técnica de estabelecimentos;
  • Assessoria técnica aos diversos órgãos da administração pública federal no que se refere a assuntos relativos à produção e à indústria animal;
  • Atuação em equipes multidisciplinares da defesa e vigilância do ambiente e do bem-estar social;
  • Assistência técnica e extensão rural;
  • Pesquisa em diversos campos da saúde, humana e veterinária;
  • Direção de hospitais veterinários;
  • Docência em Medicina Veterinária.